Acumulação Compulsiva

Acumulação Compulsiva

A acumulação compulsiva é um distúrbio caracterizado pela excessiva dificuldade de descartar quaisquer que sejam os bens que de alguma forma pertenceram ao indivíduo. Sendo assim, pessoas que vivenciam esse transtorno acabam por ocupar grandes espaços físicos, ao ponto de reservar para si o mínimo para sobreviver, dando total prioridade às quinquilharias. 

A acumulação compulsiva também é chamada de disposofobia ou Síndrome de Diógenes e costuma atingir mais frequentemente mulheres na terceira idade. Muitas vezes, vítimas sofrem de acumulação de animais, sem qualquer condição de higiene para os cuidados necessários. Com isso, o distanciamento social, prejuízo financeiro e dificuldades nas atividades básicas são inevitáveis. Além do mais, esses pacientes sofrem muito com o preconceito dos demais – Psicofobia – ao serem taxados de “colecionadores de lixo”.

Os sintomas da acumulação compulsiva, geralmente, têm início após uma experiência traumática ou mesmo graves problemas financeiros. O tratamento pode ser realizado por meio do acompanhamento psicológico, de modo a entender o que levou ao problema e tentar amenizá-lo. Em alguns casa, o acompanhamento médico psiquiatra também pode ser recomendado.

Artigos relacionados