O difícil diagnóstico do transtorno bipolar

O difícil diagnóstico do transtorno bipolar

Verificar o transtorno afetivo bipolar em indivíduos da população é uma tarefa bastante difícil e delicada. Isso porque, em seu diagnóstico não existe um exame orgânico que confirme o quadro como um todo, de modo que para se deve realizar uma análise comportamental e tratar seus sintomas.

Essa análise é feita não somente com a ajuda do paciente, mas com o apoio dos familiares. No transtorno bipolar, os sintomas são comumente confundidos com depressão, síndrome do pânico, ansiedade etc. Seu diagnóstico torna-se ainda mais cauteloso, uma vez que cada fase do transtorno pode ter duração de semanas ou, até mesmo de anos, podendo levar a crer que cada sintoma em particular expresse a principal face da doença, porém, pode ser apenas uma delas.

Artigos relacionados