Consciência, Inteligência e senciência: você sabe a diferença?

Os termos se confundem, podem estar interligados ou não, e podem existir individualmente ou coexistindo em um mesmo organismo, seja ele vivo ou artificial.

O que é inteligência?

A inteligência é a capacidade de compreender problemas propostos, respeitando os passos necessários e mais curtos para a sua resolução. Entretanto, a inteligência por si própria não possui intencionalidade. Então, por que deveria resolver algum problema? Esse propósito, portanto, precisa ser consciente, caso contrário estaríamos resolvendo um problema aleatório sem qualquer objetivo.

O que e consciência?

A consciência, no entanto, é o sentimento de que você existe, bem como o mundo ao seu redor. Mesmo assim, para estar consciente é fundamental estar alerta, logo, quando alguém dorme o estado de consciência desaparece. Outra característica da consciência é mais do que apenas entender o mundo à sua volta, mas compreender e interagir com ele. É possível, portanto, afirmar que peixes e abelhas são conscientes? Pode ser. Mas provavelmente não sejam autoconscientes, uma característica que exclui muitos animais e até mesmo crianças de certas idades. Ou seja, sabemos que existimos e interagimos.

O que é sensciência?

Ser sensciente é poder sentir o ambiente à sua volta. É possível ser inteligente sem ser sensciente – um robô por exemplo –  tal qual é possível ser sensciente sem estar alerta, quando dormimos, ainda permanecemos senscientes, uma vez que, ao escutar um sol muito alto ou ter algum de seus sentidos estimulados, despertamos.

× Como posso te ajudar?