Transtorno Obsessivo Compulsivo

Transtorno Obsessivo Compulsivo

Transtorno Obsessivo-Compulsivo ou TOC é um transtorno de ansiedade que provoca atitudes compulsivas para aliviar obsessões. Obsessões são situações intrusivas que geram acentuada ansiedade e a busca de alívio em comportamentos compulsivos.

Os sintomas do TOC são qualquer combinação de obsessão e compulsão que possa causar prejuízo a rotina. As combinações são inúmeras e podem variar de pessoa para pessoa ou desaparecer e dar lugar a novas com o passar do tempo. Existe uma busca incessante por estabelecer padrões de comportamento que possam facilitar o tratamento, de forma geral a ansiedade está envolvida em fatores como contaminação e limpeza; dúvidas e verificações; pensamentos repugnantes, incluindo agressão física e atividades sexuais; simetria/ordem; ou ainda colecionismo. Um exemplo clássico é lavar as mãos repetidas vezes para evitar contaminação.

As obsessões são chamadas de intrusivas pois independem da vontade do paciente que, muitas vezes, recorre a alternativas para evitar recorrer a compulsões físicas no intuito de aliviar a ansiedade sentida. São elas: compulsões mentais, que passam despercebidas; evitações, evitar coisas ou pessoas que possam gerar obsessões; neutralizações, distrair-se para anular pensamentos impróprios; e hipervigilância, atenção permanente para manter-se afastado de rituais compulsivos. Essas alternativas, ao mesmo tempo que facilitam o convívio com o problema, também dificultam, pois o simples fato de dedicar muita atenção para evitar obsessões acaba tornando-se uma obsessão.

Entre os problemas que mais atrapalham a rotina  do paciente com transtorno obsessivo compulsivo está a necessidade de ter certeza que a tarefa foi realizada perfeitamente. O grau de perfeição exigido é impossível de ser alcançado, o que acaba gerando inúmeras verificações e repetições, tornando as ações intermináveis ou extremamente demoradas e incapacitando gravemente a pessoa, especialmente no trabalho.

Artigos relacionados