Distimia

Distimia

Criado no final de 1970, o conceito de distimia refere-se a um transtorno de humor muito semelhante ao transtorno depressivo maior – depressão -, porém, mais leve e mais duradouro. A distimia também é chamada de transtorno depressivo permanente e apresenta características como baixa energia, motivação reduzida, baixa autoestima, dificuldade de sentir prazer nas atividades diárias, entre outras.

Geralmente, a distimia é resultado da união de outros transtornos que levam o paciente a sentir-se angustiado e depressivo e, por ser mais leve que a depressão de fato, o paciente pode esconder os sintomas quando acompanhado por outras pessoas. Nesse sentido, por vezes, o diagnóstico é lento, sendo importante estar atento a sinais de depressão maior, transtorno de pânico ou ansiedade generalizada.

No tratamento psicológico para distimia é papel do psicólogo verificar junto ao paciente os motivos da angústia e ressignificá-los durante o processo de terapia. Assim, é possível identificar possíveis transtornos que provocam desconforto no indivíduo levando à falta de motivação na vida.

Artigos relacionados